#hashtag agência de propaganda

Essa mania de querer colocar hashtags em tudo que postam no Twitter, Facebook, Instagram e tudo quanto é rede social que comporte o símbolo # é absurdamente sem sentido.

Esse uso indiscriminado das hashtags faz com que elas se banalizem nas redes e percam seu real sentido e objetivo que é nada nada mais, nada menos para categorizar assuntos e classificar postagens que se identifiquem como tema chave, o que facilita – e muito –  na hora de encontrar um post. Os blogs usam bastante essa ferramenta de localização.

O problema é que esse vício da hashtag está transformando essa ferramenta em qualquer coisa de uso pessoal e não para significar uma ação, um movimento, uma votação que tenha peso realmente nas redes sociais. Por isso a dica é usar com cuidado as hashtags, já que muita gente usa elas para temas pessoais sem visar a acepção coletiva de fato. Sem contar que o uso indiscriminado pode arruinar a internet, inclusive o Youpix, publicou no ano passado em sua página um texto que comentava um artigo divulgado no Nieman Journalism Lab, que justamente chama a atenção para a utilização, eficiência e estética das hashtags.

O problema que ele aborda é que, se uma hashtag não se conversa com a outra é impossível fazer uma indexação dos assuntos que elas indicam. Por isso use as hashtags com bom senso, assim você não contribui para infernizar a internet com o excesso de hashtags!

Sendo assim só use quando estiver postando algo que parta de um assunto maior e de interesse dos outros. Chega de usar hashtag na vida pessoal. E isso vale também para as agências de publicidade e propaganda que tem usado muito a # para promover seus clientes sem ter que partir de um assunto de maior de interesse.