gestão-de-crise-redes-sociais

As crises podem acontecer em todas as empresas, independentemente do seu segmento ou do tamanho que ela seja. E acontecem por vários fatores, pode ser por desastres industriais ou ambientais, falha em equipamentos ou construções, podem ter origem criminosa, pode ser econômica, de relações humanais, de falha humana, que envolver riscos à saúde ou à vida, enfim uma infinidades de possíveis motivos para gerar uma crise.

Por isso toda empresa deve ter uma equipe responsável por gerenciar essa crise, é claro que a comunicação não pode ficar de fora, é aí que os assessores de imprensa e comunicadores orientados fazem a diferença na hora da crise.
Uma boa comunicação pode reverter uma crise e salvar a empresa. Conseguindo administrar bem a crise a empresa sofre menos com ela e mostra que ela se importa com a situação. A falta de um planejamento gera mais stress e tenção dentro da empresa deixando-a mais vulnerável.

Dois atuais exemplos de crises foram o da empresa de sucos Ades que distribuiu um lote contaminado com produto de limpeza nos sucos de soja sabor maçã. Que teve um gerenciamento de crise considerável razoável, nem bom nem péssimo, o erro deles foi demorar a se reportar sobre os fatos e não colocar nenhum responsável pela empresa para falar sobre o acontecimento e houveram muitas declarações dadas para os meios de comunicação diferentes, causando no consumidor uma insegurança. Faltou consistência e objetividade nessa hora.

O outro caso é o do rato na garrafa de Coca-Cola, a empresa ao invés de reportar a imprensa optou por produzir um vídeo empresa falando sobre a “verdade” sobre o caso, onde não cita o rato nem nada do gênero apenas mostra como o refrigerante é engarrafado e conta sobre os cuidados tomados em sua produção. O que foi bastante inteligente já que diferente do caso Ades, não teve provas sobe o tal ratinho. Mas antes que isso explodisse nas redes sociais investiram no gerenciamento através da comunicação e produziram um vídeo, que foi veiculado na internet, em resposta a situação.

Se você ainda não viu o vídeo veja em: http://migre.me/gf0Au

Agora que você já sabe da importância da comunicação no gerenciamento de crise monte uma equipe especializada.